TRAxX EXPANDE OS NEGÓCIOS E PASSA A ATUAR COMO GRAVADORA

TRAxX EXPANDE OS NEGÓCIOS E PASSA A ATUAR COMO GRAVADORA

musica eletronica brasilia

Moramos num país rico, em vários aspectos, abençoado por Deus e agraciado com uma cena eletrônica forte e plural onde o mais interessante é saber que, tantos artistas como outros atores da cena estão em constante evolução.

Expandindo seus horizontes, ampliando sua atuação, a TRAxX inicia o ano de 2021 como a mais nova gravadora do mercado fonográfico. Surgindo a partir da ideia de ressignificação e revitalização do espaço Conic, no centro de Brasília, a festa brasiliense caiu nas graças do público por sua proposta de ir além do tradicional, conectando a música underground e a arte. Desde 2016, tendo realizado quase 30 eventos, damos destaque para a inesquecível TRAxX no Túnel e também para o festival em parceria com o 5uinto, que rolou no Estádio Nacional.  

Assista a retransmissão da TRAxX no túnel:

“A TRAxX vai apostar num som mais ‘lado-b’, ácido e experimental. Estamos querendo partir paro o Techno, Micro e Acid House, sabemos que existem bons produtores nessa linha e estamos abertos a ouvir sons que conversem com essa atmosfera mais conceitual”, explica Gustavo Fk, um dos sócios da nova gravadora.

Com o background da Tree Sixty One, gravadora comandada por Fk, Guto Fernandez e Pedro Verano, a TRAxX Lab. Records estreia seu catalogo com “Raw Underground” que chega apresentando bem a identidade sonora da gravadora, mais acida e com atmosferas cruas e dramáticas derivadas do techno de Detroit. Já em todas as plataformas digitais, como o próprio nome diz, a faixa traz baterias desenhadas por elementos mais crus, mas se encaixa perfeitamente numa pista bem aquecida. Confere aí o resultado:

As noticias boas não param por aí, os sócios da TRAxX Lab. estão em busca de demos e produtores interessados em lançar pela gravadora. Você é produtor e tem tracks partindo do Techno, Micro e Acid House? Se liga nessa! 

Aos interessados, o envio das demos — de uma ou mais músicas — deve ser feito através do e-mail [email protected], com um link privado do Soundcloud ou Dropbox com uma breve explicação do conceito por trás da produção. A equipe ouvirá e passará um feedback se o som possui as características que buscam para fazer a curadoria.

Equipe TUNTISTUN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?