Conheça as novidades do Ableton Live 11

A versão recente do Ableton Live inclui novos dispositivos e avanços importantes nas áreas de computação e expressão polifônica MIDI.

A última versão do influente DAW chega 2 anos após a introdução do Ableton Live 10 no mercado e integra vários aspectos importantes. O Live 11 permite vincular duas ou mais trilhas para editar seu conteúdo simultaneamente. Tornando a edição de instrumentos ou performances com várias faixas fácil e rápida, enquanto mantém tudo no tempo entre as faixas. Trabalhando ao vivo, permite organizar várias passagens de uma apresentação de áudio ou MIDI em tomadas individuais.

Outro grande desenvolvimento é a integração de MPE ou MIDI Polyphonic Expression. Esta forma de usar MIDI permite que dispositivos com capacidade MPE controlem vários parâmetros de cada nota em tempo real para performances instrumentais mais expressivas. Controladores compatíveis com MPE permitem que o usuário adicione curvas, slides e pressão para cada nota individualmente em um acorde. Proprietários de hardware compatível com MPE podem começar a usar os recursos imediatamente, mas aqueles sem hardware podem editar dados de automação usando o novo “Expression View”.

Dispositivos populares, como Wavetable, Sampler e Arpeggiator, foram atualizados para oferecer suporte a MPE. E o Live vem com predefinições MPE para cada dispositivo que trazem novas dimensões de interação e capacidade de reprodução ao seu som. As novas possibilidades expressivas também permitem aftertouch polifônico no Push. Edite o pitch, slide e envelopes de pressão de cada nota para refinar a expressão de suas tomadas. Ou amplie seu design de som sequenciando variações sonoras polifônicas.

Dentre os novos dispositivos, incluem Hybrid Reverb, que permite aos usuários coloque seus sons em qualquer espaço, desde ambientes precisos da vida real até aqueles que desafiam a realidade física e Spectral Resonator, que quebra o espectro de um sinal de áudio de entrada em parciais e, a seguir, estende, desloca e desfoca o resultado por uma frequência ou nota de maneiras sutis ou radicais. A entrada MIDI sidechain também permite que os músicos processem o material na chave e até mesmo toquem o dispositivo como se fosse um instrumento polifônico.

Ableton Live

O Spectral Time, por sua vez, é um efeito de delay simples, mas poderoso, transforma o som em parciais e os alimenta em um atraso baseado em frequência, resultando em ecos metálicos, mudança de frequência e efeitos semelhantes à reverberação. Inspirado no Publison DHM 89, o PitchLoop89 cria efeitos de glitch nervosos, shimmers digitais atrasados ​​e vibrato estranho, projetado em colaboração com Robert Henke. Por fim, o Inspired By Nature, um conjunto de 6 instrumentos lúdicos e efeitos criados em colaboração com Dillon Bastan que usam processos naturais e físicos como inspiração.

Vários recursos de randomização, como Note Chance e Velocity Chance, permitirão que os músicos adicionem variações

imprevisíveis às suas produções. Junto com MPE, um recurso de Seguimento de Tempo torna o Ableton Live 11 mais “ao vivo”. DJs podem usar esse recurso para transformar o Ableton Live em uma caixa de efeitos sincronizada com o tempo. Além disso, o Ableton Live 11 vem com melhorias no rack, permitindo aos usuários salvarem estados de macro para serem recuperados posteriormente e usar 16 macros, ao contrário do anteriormente disponível 8.

Para uma lista de todos os novos recursos do Ableton Live 11, consulte ao site do fabricante.

O Live 11 estará disponível no início de 2021. A versão beta está atualmente disponível para todos os proprietários do Ableton Live 10 Standard e Suite. De agora até o lançamento, as várias versões do Live 10 estão vendendo com 20% de desconto. Aqueles que comprarem uma cópia do Live 10 terão direito a um upgrade gratuito para o Live 11 quando for lançado.

Assista a um vídeo sobre o Ableton Live 11 e fique por dentro de tudo.

Voltar a Home Page

Equipe TUNTISTUN

× Como posso te ajudar?