Balada em Tempos de Crise e Vapor se unem para trazer um dos melhores B2B de House Music da atualidade

balada em tempos de crise

Texto: Pedro Verano

São poucos os gêneros musicais que tem hinos tão emblemáticos e atemporais como tem a house music. Muitos se arrepiam e têm o coração acelerado quando ouve aquela voz declamando “In the beginning there was Jack, and Jack has a groove… “. 

Trocentas já foram as músicas originais, remakes, remixes, etc que já usaram e abusaram dessa poesia que descreve a origem e os princípios da house music, como o respeito à diversidade, tanto na parte social, étnica, de gênero e musical. 

Por mais que a influência desse gênero musical seja imensa, tendo chegado no pop e mesmo desenvolvido vertentes consideradas mais “comerciais”, como o brazilian bass e outras interpretações “universitárias”, house music ainda é um locus de resistência de diversas minorias.

Nesta sexta-feira, a Birosca do CONIC receberá em sua pista principal o back2back de duas artistas que são pra lá de representativas, tanto para a house music quanto para a comunidade LGBTQIA+. Eris Drew e Octo Octa são duas DJs daquelas que deixam qualquer amante da discotecagem com os olhos vidrados na habilidade com que manuseiam os equipamentos, assim como os ouvidos atentos à precisão com a qual mixam em vinil. 

Seus sets geralmente se caracterizam por uma pegada bem “raiz” de house, hoje em dia bastante conhecida nos meios especializados como jackin’ house, em alusão ao clássico hino. Ambas DJs são transexuais e formam um casal, o que torna sua apresentação aqui em Brasília ainda mais importante, por ser a capital do país que mais mata pessoas trans no mundo. (fonte: https://brasil.un.org/pt-br/110425-brasil-e-o-pais-que-mais-mata-travestis-e-pessoas-trans-no-mundo-alerta-relatorio-da)

Os méritos deste feito para a música eletrônica do Distrito Federal vai para os produtores das emblemáticas festas “Balada em Tempos de Crise” e “Vapor”, que têm sido expoentes locais com uma baita projeção nacional. Diversos artistas de muito bom gosto já passaram pelas pistas de ambas, sempre marcadas por promoverem experiências memoráveis para os frequentadores. 

A união desses dois projetos, na missão de trazer aquele que pode ser considerado um dos melhores b2b de house music da atualidade, mostra o comprometimento da galera por trás desses rolês com a qualidade daquilo que entregam para o público. 

Os ingressos estão disponíveis na plataforma “Shotgun” por um preço bastante acessível para o tamanho e importância que vai ter esse rolê, assim como há uma lista que garante cortesias para pessoas trans. 

Assista um pouco do que pode rolar nesta edição, acesse o link abaixo:

Posted in

Equipe TUNTISTUN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

× Como posso te ajudar?